Crazy777 - Mercedes-Benz lança os nervosos AMG A45 S e CLA 35 S no Brasil

0

Compactos esportivos Premium têm motor 2.0 de 421 cavalos capaz de fazer 0 a 100 km/h e menos de 4.0s. Modelos têm preço a partir de R$ 434,9 mil


 
Marca alemã revelou nesta terça (18) duas duas novidades que chegam ao Brasil para compor o portfólio de modelos esportivos da divisão AMG. Os modelos Mercedes-AMG A 45 S 4MATIC+ e Mercedes-AMG CLA 45 S 4MATIC+ oferecem alta performance e  design exclusivo na categoria de hatch e coupé compactos premium. Com mais esses dois produtos, a Mercedes-Benz passa a oferecer 24 modelos esportivos, sendo a maior oferta de veículos  até então. Os modelos já estão disponíveis na rede de concessionários com preços de R$ 434.900 e R$ 458.900 respectivamente.

Pela primeira vez, a família de compactos agora também apresenta a grade do radiador específica da AMG, como um símbolo claro da associação à divisão de alta performance. Parachoques dianteiros mais largos, com alargamento da caixa de rodas também oferece visual esportivo e atlético aos dois. Ambos vêm com rodas AMG 19’’ (255/35 R19) pintadas em preto fosco com raios cruzados são forjadas.

Na traseira, tubos de escape duplos redondos. NO  Mercedes-AMG A 45 S há um difusor com quatro aletas verticais, que contribui para um melhor desempenho aerodinâmico. No modelo CLA 45 S + esse conjunto é composto por quatro aletas individuais.

A dupla vem com novo moto, totalmente montado à mão. Para isso, foi construída uma linha de produção completamente nova no fabricante de motores AMG em Affalterbach, onde a Mercedes-AMG elevou o princípio “Um homem, um motor” e os processos da indústria 4.0.

O 2.0 quatro cilindros em linha  rende 421 cavalos de potencia a 6.750 rpm e torque máximo de 500 Nm a 5.000 rpm. A transmissão é automatizada de dupla embreagem e oito marchas e a tração é integral 4MATIC+. Segundo a marca, o hatch faz de 0 a 100km/h em 3.9s enquanto o coupé de quatro portas acelera em 4.0s. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 270 km/h em ambos os modelos. 

Ao contrário das versões anteriores, o motor é girado em torno de seu eixo vertical em 180 graus. Isso significa que o turbocompressor e o coletor de escape agora estão posicionados na parte traseira do motor, quando vistos por trás. O sistema de admissão é, portanto, posicionado na frente. Essa configuração permite o design mais plano possível, movendo a posição do motor mais para baixo, melhorando a aerodinâmica da seção frontal.

Pressão de carga controlada eletronicamente

Com uma pressão máxima de carga de 2,1 bar, o motor turbo de 2,0 litros e quatro cilindros também é líder em seu segmento nesse aspecto. O wastegate controlado eletronicamente (válvula de alívio de exaustão) permite que a pressão de carga seja controlada de maneira ainda mais precisa e flexível, otimizando a capacidade de resposta, especialmente ao acelerar com carga parcial. Inúmeros parâmetros são levados em consideração nesse processo. Os principais sinais de entrada da unidade de controle do wastegate são a pressão de carga e a posição da aba do acelerador. Os sinais de modificação incluem a temperatura do ar de admissão, temperatura do motor, velocidade do motor e pressão atmosférica. Isso também possibilita o aumento temporário da pressão de carga (overboost) sob aceleração.

Além de óleo e água, é usado ar fresco para resfriar o turbocompressor. Isso é direcionado especificamente para o carregador a partir da grade do radiador, através da tampa do motor projetada como um defletor de ar e dutos sob o capô. O conceito é baseado nos princípios e na experiência adquirida com o resfriamento dos turbocompressores montados internamente nos atuais motores V8 AMG de 4.0 litros, começando com o AMG GT em 2014. Além disso, o alojamento da turbina possui isolamento integral.

Válvulas de escape: dimensões maiores para ciclos de gás mais rápidos

Na cabeça do cilindro, os bocais de injeção reposicionados e o sistema de velas de ignição permitiram válvulas de escape relativamente maiores do que no motor anterior. As seções transversais de exaustão maiores permitem que os gases fluam para fora das câmaras de combustão com baixas perdas e reduzam a ação geral de ventilação do pistão.

Dois eixos de comando de válvulas controlam as 16 válvulas por meio de seguidores de cames de rolo com peso otimizado. O ajuste da árvore de cames no lado de entrada e saída permite uma excelente resposta e otimiza o ciclo do gás para cada ponto de operação.

O controle variável da válvula CAMTRONIC no lado do escapamento é outro recurso, com dois cames por válvula. As cames têm geometrias diferentes, de modo que, dependendo da sua configuração para se adequar à situação de direção, as válvulas de escape podem ser abertas por curtos ou longos períodos, para uma resposta ainda melhor em baixas rotações do motor, condução confortável e com baixo consumo de combustível em rotações médias e entrega de potência total na faixa de rpm superior.

Injeção de gasolina: dois estágios para potência otimizada

A turboalimentação e a injeção direta com um processo de combustão guiado por spray não apenas permitem um alto rendimento de potência, mas também melhoram a eficiência termodinâmica e, portanto, reduzem o consumo de combustível e as emissões de escape.

Pela primeira vez, o novo quatro cilindros de alto desempenho possui injeção de combustível em dois estágios. No primeiro estágio, os injetores piezoelétricos de operação particularmente rápida e precisa fornecem combustível às câmaras de combustão a uma pressão de até 200 bar. Esse processo pode acontecer de forma múltipla e é controlado pelo sistema de gerenciamento do motor, conforme necessário.

No segundo estágio, há injeção adicional no coletor de admissão usando válvulas solenóides. Isso é necessário para obter a alta produção do mecanismo. O suprimento de combustível controlado eletronicamente tem uma pressão operacional de 6,7 bar.

 

Tração integral com controle de torque 

Os modelos vêm com AMG TORQUE CONTROL no novo eixo traseiro: o sistema possui duas embreagens multidiscos controladas eletronicamente, cada uma delas conectada a um eixo de acionamento do eixo traseiro. Desta forma, a potência de tração não só pode ser completamente distribuída de forma variável entre as rodas dianteiras e traseiras, mas também seletivamente entre as rodas traseira esquerda e direita. Isso significa que, dependendo do modo de condução e da situação, o torque de tração pode ser distribuído separadamente nas duas rodas traseiras.

Os novos modelos com motorização 45 estão equipados com o AMG DYNAMICS. Esse controle integrado de dinâmica de veículo estende as funções estabilizadoras do ESP® com intervenção para aumentar a agilidade no controle em todas as rodas, nas características de direção e nas funções adicionais do ESP®. Ao fazer curvas em velocidade, por exemplo, uma breve intervenção de frenagem na roda traseira interna gera um movimento de guinada definido em torno do eixo vertical para uma entrada precisa e responsiva na curva.

Interior com inteligência artificial

NO interior dos modelos, com padrão idêntico, condutor e o passageiro da frente ocupam posições em assentos esportivos com contornos e com apoio lateral firme. O estofamento padrão, como uma combinação de ARTICO preto e microfibra DINAMICA (material usado na Fórmula 1 para aumentar a aderência) e costura dupla em vermelho. O esquema de cores é ecoado pelos cintos de segurança vermelhos designo e as saídas de ar cromadas com um anel vermelho.

A multimídia vem com MBUX, a inteligência virtual da MB. Apresentações emocionalmente atraentes sublinham a estrutura de controle clara e apresentam gráficos 3D brilhantes de resolução máxima. Visualmente, as duas telas sob uma tampa de vidro compartilhada se misturam ao cockpit widescreen e, como elemento central, enfatizam a orientação horizontal do design de interiores.

O cliente pode escolher entre os três estilos de exibição AMG “Classic”, “Sport” e “Supersport” para o painel de instrumentos. O modo “Supersport” é particularmente impressionante com um conta-giros central e redondo e informações adicionais apresentadas na forma de barras à esquerda e à direita do conta-giros: com uma perspectiva tridimensional que alcançam um fundo artificial no horizonte.

 

Dados técnicos

Mercedes-AMG A 45 S 4MATIC+ Mercedes-AMG CLA 45 S 4MATIC+
Cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada (cm3)1.9911.991
Potência máxima (cv/rpm)421 / 6.750421 / 6.750
Torque (Nm/rpm)500 / 5.000 – 5.250500 / 5.000 – 5.250
CâmbioAMG SPEEDSHIFT DCT 8GAMG SPEEDSHIFT DCT 8G
Aceleração 0 – 100 km/h (s)3,94,0
Velocidade máxima (km/h)270*270*
Peso (kg)1.6351.675
Pneus245/35 R19255/35 R19
Capacidade do porta malas (L)355460
Tanque de combustível/reserva (L)51 / 551 / 5
Dimensões (mm)
Comprimento4.4454.693
Largura1.9921.999
Altura1.4121.413