Ford Ranger ‘Very Gay Raptor’ faz homenagem ao público LGBTQ+ 🌈

0

Picape arco-íris surgiu após resposta a um comentário homofóbico no Twitter. Ford Ranger ‘Very Gay Raptor representa luta da marca em favor à comunidade LGBTQ+

Ford Ranger Very Gay Raptor: picape surgiu de resposta nas redes sociais
Ford Ranger Very Gay Raptor: picape surgiu de resposta nas redes sociais

A Ford apresentou a nervosa Ranger Raptor com uma pintura colorida para o Goodwood Festival of Speed ​​2022, no Reino Unido. Batizada de ‘Very Gay Raptor’, a picape é uma homenagem da marca à comunidade LGBTQ+. No mês passado, no Brasil, uma propaganda LGBT do Polo gerou bastante polêmica. Será que o o mesmo vai acontecer com a Ford?

Segundo a Ford, a exibição da Ranger ‘Very Gay Raptor’ em Goodwood faz parte da iniciativa da marca para combater o preconceito na indústria automotiva. Como parte disso, a Ford apresentará lives da sua nova série â€œTough Talks” na picape com a lenda do rugby galês Gareth Thomas, o primeiro jogador desse esporte a se assumir abertamente gay.

As lives vão discutir como a indústria automotiva pode promover uma cultura de inclusão e aliança para a comunidade LGBTQ+, cobrindo uma variedade de tópicos e apresentando convidado. Entre eles, estão o piloto Abbie Eaton, a comediante Catherine Bohart e lord March – filho do duque de Richmond, que fundou o Goodwood Festival of Speed ​​e Goodwood Revival.

A Ranger ‘Very Gay Raptor” nasceu em 2021 como resposta a um comentário negativo nas mídias sociais. O feedback positivo da comunidade LGBT foi tão grande que a marca decidiu torná-la real e, desde então, a usa como uma ferramenta para ajudar a eliminar a discriminação.

Leia também:
Ministério da Justiça investiga ‘marmita’ do Toyota Corolla Cross
Localiza vende 49 mil carros e ativos da Unidas por R$ 3,5 bi
Nova CNH 2022: documento é alterado mais uma vez
Toyota pode lançar mini-Hilux para brigar com Toro e Maverick

A Ford produziu um vídeo em que duas Ranger Raptor aceleram em pistas off-road, uma “convencional” a a Very GAy Raptor. O objetivo é mostrar que mesmo com identidade diversa, ambas são capazes de encarar os desafios. A Ford Ranger ‘Very Gay Raptor’ tem motor twin-turbo 3.0 EcoBoost V6 com 288 cv e 491 Nm de torque. 

Ford Brasil e os LGBTQ+

No Brasil, a marca americana também toma iniciativas em pró a comunidade LGBTQ+. Neste mês, ela oficializou sua adesão ao Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, organização que tem como objetivo o engajamento no respeito aos direitos humanos de lésbicas, bissexuais, gays, travestis, transexuais e pessoas intersexo, por meio da promoção de igualdade de oportunidades e tratamento justo, considerando sua orientação sexual e identidade de gênero.

Daniel Justo, presidente da Ford América do Sul, assinou o ingresso da empresa na entidade durante um evento virtual que contou com a participação da diretoria e empregados e, pelo Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, Reinaldo Bulgarelli, secretário executivo, e Raphael Pagotto, secretário adjunto, entre outros.

“Por mais de um século a Ford vem sendo pioneira em abrir suas portas para as pessoas, independentemente de raça, gênero, orientação sexual ou origem. A diversidade está em nosso DNA, mas vemos isso com menos orgulho e mais com um senso de dever, de que precisamos impulsionar a criação de um ambiente onde as diferenças sejam efetivamente apreciadas e que cada um sinta-se à vontade para ser quem verdadeiramente é”, disse Daniel.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram