Crazy777 - No embalo do Dolphin, BYD decide nome do elétrico mais barato do Brasil

0

Seagull vai chamar Dolphin Mini no Brasil. Novo carro elétrico da BYD poderá custar cerca de R$ 100 mil e promete incomodar o mercado

Após o sucesso do Dolphin EV, um hatch 1 que virou o modelo elétrico mais vendido do Brasil em questão de semanas, BYD já planeja seu próximo modelo. Trata-se do BYD Seagull, mais um carro da linha Ocean, mas que terá outro nome no mercado brasileiro: Dolphin Mini. Uma estratégia para fazer o novato surfar na onda, ou melhor ‘Efeito Dolphin’.

LEIA:
Dono protesta com Volvo XC40 queimado na porta da concessionária
GWM Haval H6 vende mais que Corolla Cross em maio
VÍDEO | Nissan Sentra 2023 Exclusive ganha pelo design e conforto
Jeep Renegade é investigado pelo MP por grave defeito
Novo carro popular: Governo reduz imposto para modelos até R$ 120 mil

O novo BYD Dolphin Mini promete se destacar como a opção mais acessível no segmento de carros elétricos. O preço estimado é a partir de R$ 100 mil, mas pode chegar aos R$ 130 mil. Isso porquê os elétricos importados voltam a pagar imposto de importação a partir de 1º de janeiro de 2024.

O BYD Dolphin Mini é um hatch subcompacto, medindo apenas 3,78 metros de comprimento, 1,71 metro de largura e 1,54 metro de altura. A distância entre-eixos é de 2,50 metros, 20 centímetros a menos do que o Dolphin. Contudo, importante frisar que o Mobi, por exemplo, tem apenas 2,30 e o Kwid 2.42. O porta malas também será pequeno, em torno de 200 litros.

O carro tem motor elétrico de 74 cv de potência. As opções de bateria disponíveis são de 30 kWh ou 38,8 kWh. A BYD ainda não confirmou se planeja oferecer múltiplas versões do Dolphin Mini no Brasil, mas caso haja apenas uma, é provável que seja a configuração mais completa da linha.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

Em termos de autonomia, a versão chinesa do Dolphin Mini ostenta impressionantes 405 km, conforme avaliado no ciclo padrão da China. Entretanto, é importante observar que, dentro do ciclo estabelecido pelo Inmetro no Brasil, a autonomia estimada pode situar-se em torno dos 350 km ou até menos. A velocidade máxima na configuração topo de linha atinge 130 km/h.

Inicialmente, o BYD Dolphin Mini será importado da China para o Brasil. Contudo, há planos para sua produção na fábrica de Camaçari, na Bahia, junto com outros modelos da BYD, como o Dolphin, Song Plus e Yuan Plus.