Crazy777 - Tesla investe US$ 1,5 bi em Bitcoin e faz criptomoeda chegar a US$ 44 mil

0

Empresa de Elon Musk pretende aceitar Bitcoin como forma de pagamento pelo seus carros. Tesla tem política de investimento agressiva para ampliar lucros

Tesla Model Y: empresa tem política agressiva para aumentar valor no caixa

A marca americana de carros elétricos e autônomos Teslaanunciou um investimento de US$ 1,5 bilhão em Bitcoin. Com isso, a criptomoeda bateu o recorde nessa segunda-feira (08). Graças ao aporte, a moeda digital alcançou teto de R$ 44.023,72 às 10h40, no horário de Brasília.

Trata-se do valor mais alto até hoje registrado com Bitcoin. Por volta das 10h40, a cotação da criptomoeda acumulava a US$ 44.023,72. O Bitcoin registra aumento de quase 50% no decorrer do ano. Em real brasileiro, às 13h30, um Bitcoin valia R$ 236 mil.


Siga o Crazy777 no Instagram
Inscreva-se em nosso canal no YouTube

A empresa de Elon Musk, o homem mais rico do mundo, disse em comunicado que planeja aceitar Bitcoin como forma de pagamento pelos seus carros ‘num futuro próximo’. Além disso, a Tesla afirma que pretende comprar mais criptomoedas.

Em janeiro, a Tesla mudou sua política de investimentos, autorizando ações agressivas para ampliar retornos sobre o caixa. “Como parte da nova política, podemos investir uma parte desse dinheiro em certos ativos de reserva alternativos especificados”.

LEIA TAMBÉM:
Telefonia 5G e tecnologia V2X vão revolucionar a indústria automobilística
Carros autônomos podem melhorar o trânsito em 35%
Acidente com Volvo XC90 da Uber deixa autônomos mais distantes
Carros autônomos são irreversíveis no mercado mundial
Salão de Frankfurt: Audi A8 é o primeiro carro autônomo homologado
Carro do futuro será um celular com rodas

Não está claro se outras grandes empresas seguirão o exemplo da Tesla em investir em Bitcoin ou aceitá-lo para transações. Um veículo é uma compra grande, o que poderia tornar o Bitcoin uma opção melhor para pagá-lo, mas as oscilações violentas no preço do Bitcoin poderiam ser um risco significativo para qualquer comerciante que decidisse aceitá-lo.

“Foi sensato da Tesla anunciar que consideraria seu investimento no Bitcoin como um” ativo alternativo “. Isso é certamente apropriado, porque o Bitcoin pode estar ganhando maior aceitação como moeda, mas não é dinheiro”, disse Anthony Michael Sabino , professor de direito na St. John’s University.

A Tesla disse no mês passado que tinha caixa e equivalentes de caixa de US $ 19,4 bilhões depois de vender novas ações para aproveitar o aumento do preço das ações. Dan Ives, da Wedbush Securities, disse que a mudança dá à Tesla “mais flexibilidade para diversificar ainda mais e maximizar os retornos sobre seu caixa”.

A Tesla está em uma posição única para aceitar moedas digitais para pagamento, uma vez que a montadora não depende de uma rede de concessionárias independentes para vender seus veículos, ao contrário das montadoras tradicionais, como General Motors e Ford.

“Certamente parece que além de abraçá-lo como uma reserva de valor para sua própria confiança ou seus próprios ativos, parece que (Musk está) adotando-o também como uma ferramenta transacional”, disse Michael Venuto, co-gerente de portfólio da Amplify Transformational Data Sharing fund, um fundo negociado em bolsa que tenta investir em tecnologias de moeda digital. (Fonte: Redação e Militec)